Onde Dra. Kátia atende? | Exames de Phmetria e Endoscopia | Astronet | Peso e altura | Introdução dos alimentos | Links | Downloads
Mídia RSS Galeria
Esta página contém uma série de perguntas e respostas que são comumente questionadas pelos pais das crianças à Pediatra. Está dividido em categorias para facilitar sua consulta. É importante que fale com seu pediatra antes de utilizar qualquer recomendação que aqui surgir.
   
Segurança
Gravidez
Alimentação
Amamentação
Crescimento
Vacinas
Doenças
Exames
   
  Cinema, Teatro,
CD's, DVD's,
Livros, Férias,
Parques...
 
Veja aqui
   
  Mel, Ovo, Papinhas,
Comida da família sem
modificação e etc
 
Veja aqui


Por que devo usar os leites infantis e não o leite integral para o meu filho?

Na ausência do leite materno, as fórmulas infantis são as mais apropriadas para substituí-lo na alimentação da criança no primeiro ano de vida, uma vez que possuem composição nutricional adaptada à velocidade de crescimento do lactente, prevenindo o aparecimento de doenças relacionadas ao excesso e à deficiência de nutrientes. A fórmula infantil para lactentes, também chamada de fórmula infantil de partida, preenche adequadamente as necessidades nutricionais do lactente saudável, quando utilizadas de forma exclusiva durante os primeiros 6 meses de vida. Já a fórmula infantil de seguimento para lactentes, ou fórmulas infantis de seguimento, são formuladas para complementar a ingestão dos alimentos sólidos, já consumidos pelo lactente a partir do sexto mês de idade. A quantidade mínima desta fórmula infantil a ser consumida é de 500ml/dia, garantindo assim, cerca de 60% das necessidades nutricionais do lactente.

Vários estudos têm mostrado que o leite de vaca integral não deve ser recomendado para os lactentes menores de um ano de idade, pela concentração inadequada de alguns nutrientes considerados essenciais,tanto para excessos (sódio, potássio, cloreto, fósforo e proteínas) quanto para deficiências (ferro, vitaminas D, E, C, zinco e carboidratos), além da inadequação das gorduras (baixos teores de ácido linoleico comprometendo a síntese de LC-Pufas) o que acarretará complicações a curto e/ou longo prazo à criança.

O leite materno é o padrão de referência em alimentação infantil para a composição das fórmulas. Nos últimos 40 anos, as fórmulas vêm sofrendo constantes modificações para melhor se adequar às necessidades do lactente. Este avanço tecnológico das fórmulas permitiu elaborar produtos no sentido de compensar certas deficiências digestivo-absortivas, reações alérgicas e até mesmo contribuiu para se diminuir a desnutrição secundária e aumentar a sobrevida desses pacientes com a função intestinal comprometida. Todos os nutrientes das fórmulas infantis devem variar suas concentrações dentro dos limites estabelecidos pela FDA americana, que em última análise são muito semelhantes às recomendações da Academia Americana de Pediatria através de seu Comitê de Nutrição que segue as DRI ou RDA.

VIRGÍNIA RESENDE SILVA WEFFORT*

Voltar  

Início | Dra. Kátia | Celíacos | Receitas | Artigos e notícias | Dúvidas | Jogos | Dicas | Fale conosco
Exames de Phmetria e Endoscopia | Astronet | Peso e altura | Introdução dos alimentos | Links | Mídia | Downloads | RSS | Galeria

By Designer de Interfaces Kéu Meira Resolução Mínima de 1024 x 768 © Copyright 2007 - 2012 Dra. Kátia Baptista